terça-feira, 27 de junho de 2017

O que vocês acham dela ?

O que vocês acham dela ?


Olá pessoal ! Hoje, nesse post, vou falar sobre uma coisa um pouco diferente do que costumo escrever aqui no Blog.
Algumas pessoas a amam, algumas pessoas a odeiam.Algumas pessoas a odeiam tanto que só de falar nela já ficam com medo ou fazem cara de que chuparam limão. Tem gente que gosta de boa parte dela. Tem gente que a ama tanto que acabam se tornando professores graças a ela.
Ela pode te salvar em várias ocasiões e situações no dia a dia ou ela pode te ferrar numa prova...
Tem horas que ela parece fácil fácil, e tem horas que ela parece super complicada...
Odiando ou amando, ela é, com toda certeza absoluta, MUITO, mas muito IMPORTANTE pra nós ! Não consigo imaginar um lugar aonde ela NÃO apareça...
Do que vocês acham que estou falando?
Estou falando da matéria que, talvez, metade das pessoas a ama, e metade das pessoas a odeia...
A Matemática!
 
 
 
Se você não gosta dela, calma, não precisa sair do site! Quero contar umas histórias bem legais que tenho em relação a dona dos números...kkkk
Se não fosse por ela, ninguém estaria lendo esse texto, pois graças a ela, temos computadores, celulares e diversas coisas.
Meu primeiro contato com a Matemática não foi agradável nos meus primeiros anos de vida...Meu pai me colocava um certo medo dizendo que na escola eu teria que decorar a TABUADA e isso me deixava preocupada. Só de pensar que eu teria que decorar algo já não me agradava.
Dito e feito. Na segunda série, minha professora, mandou a gente decorar a tal da tabuada e eu era uma criança HIPER MEGA tímida, e ter que responder oralmente as perguntas da professora me deixava ansiosa...Eu acertei as perguntas dela e penso que tive sorte naquele dia...
Ainda na segunda série, em certa ocasião, minha mãe brigou comigo porque eu não queria estudar pra prova e estava de má vontade, e ela jogou o CADERNO DE MATEMÁTICA NA MINHA CABEÇA !! Hoje eu choro de rir ao lembrar disso, mas na época eu chorei de tristeza mesmo, kkkkkk.
Engraçado que eu era bipolar em relação a essa matéria. Tinha momentos que odiava, mas tinha momentos que ficava feliz e comemorava quando conseguia resolver alguma questão.
Lembro que quando tinha meus 4,ou 5 aninhos de idade, quando já sabia ler e escrever bem e sabia os números, tentei escrever até um milhão kkkkkk...Na escola brincava com os colegas pra ver quem conseguia contar mais...Eu também amava saber como eram os números em inglês e como minha irmã tinha dicionários de outras línguas, me falava os números em alemão, francês,etc... 
 
 
 
Felizmente nunca fiquei de recuperação ou tomei bomba na escola...Até a sexta série. Foi na sexta série que tomei um sustinho e fiquei de recuperação em...Adivinhem em qual matéria?? ... Pois é. A minha professora de Matemática na sexta série era uma senhora muito estranha. A turma tinha medo dela e ela não era nada paciente; Ela não ensinava muito bem não. Muita gente ficava de recuperação com ela. Ela tinha uma verruga na cara e aparentava uma bruxa kkkk...
Acho que foi a partir da sexta série que meu medo e minha raiva pela Mat cresceu...
Na sétima e na oitava série eu fiz a prova da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas). Quando recebi aquela prova pela primeira vez, eu sabia que não era uma prova da escola mesmo, pra mim ganhar nota no boletim, mas mesmo assim a fiz com muita curiosidade e ao mesmo tempo sem paciência. Essa prova me deixou bipolar. Comemorava por dentro de felicidade por conseguir fazer algumas questões, mas ficava irritada quando não sabia fazer nada e deixava pra lá.
No ano seguinte, fiquei rebelde e fiz uma coisa que, hoje, me arrependo amargamente. Eu fazia futsal na escola e no mesmo dia da OBMEP, eu tinha um jogo marcado, eu estava no time e por ser uma das melhores, eu não podia perder por nada e estava ansiosa pra jogar. Recebi a prova da olimpíada e NÃO LI uma única questão SEQUER. Recebi aquele caderno de questões, peguei o gabarito, marquei tudo sem ler as questões e corri descendo pra quadra jogar o grande jogo! Fui a primeira a sair de sala. Me DÓI muito lembrar disso...
E com tudo isso que disse até aqui, vocês conseguem imaginar, qual era meu SONHO DE PROFISSÃO, quando criança??
Ser astrônoma ! Sempre AMEI astronomia ! Meu pai e minha irmã me incentivavam muito, mas me alertavam que pra eu cursar uma coisa dessas, precisava gostar da bendita Matemática. Desde a quinta série, eu fazia as provas da ''OBA!'' (Olimpíada Brasileira de Astronomia) e eu nunca conseguia fazer as questões das provas, mas só de participar, já ficava feliz, mas eu percebia que o negócio não era tão fácil quanto imaginava. Lembro perfeitamente quando a diretora da escola veio conversar comigo e com minha mãe sobre meu interesse pela astronomia e lembro quando meu professor de geografia me entregou o diploma da OBA! por ter participado.
Quando meus amigos me perguntavam qual era a matéria que eu menos gostava, adivinhem qual eu respondia?!?!
Pois é pessoal, em minha época escolar, os números não me davam sorte...Não sabia lhe dar com eles e me davam MUITO MEDO ! kkkk.
Quando cheguei no ensino médio, minha vida melhorou MUITO ! Tudo começou a ficar mais bonito, mais brilhante, mais colorido, mais claro, mais interessante...Não sou um Pokémon, mas estava evoluindo...
 
 
 
Isso porque minha mãe chamou 2 professoras particulares (Matemática e Física) pra me ajudar a tirar boas notas nas provas e pra mim não ficar de recuperação no final do ano.
As professoras que minha mãe chamou são EXCELENTES!!!!! Com elas eu aprendia TUDOOOO, e ficava muito feliz quando acertava as questões que elas me passavam pra fazer como tarefa de casa. Lembro que, algumas vezes, minha professora de Matemática me trazia lembrancinhas de presente quando fazia as tarefas, quando me esforçava e quando tirava notas boas. Ainda assim, vocês acham que eu amava essa matéria?? Não. Ainda dizia pro mundo que odiava essa matéria, mas no fundo, estava começando a amar. Ninguém sabia. Era cabeça dura e insistia em dizer que odiava. Minhas professoras são tão doces, boazinhas e excelentes, que não tinha coragem de dizer isso pra elas e as vezes dizia pra elas que estava gostando. Isso já era um passo que tinha dado e nem tinha percebido. As minhas aulas com elas nem pareciam aulas, de tão divertidas e engraçadas que eram ! As vezes queria que as aulas durassem 4, 5 horas...
Dois anos se passaram, até que cheguei no terceiro ano do ensino médio, mas tive que ''trancar'' a escola porque tinha problemas pra resolver e não estava muito bem de saúde, até que tive fazer uma prova, pra completar o curso, e adivinhem, novamente, de qual matéria??
Minha professora de Matemática não podia me dar aulas naquele momento (não me lembro do por quê), mas aí quem me deu as aulas foi a IRMÃ dela, que também é um doce de pessoa, muito legal, divertida, bem humorada, carinhosa e generosa, assim como sua irmã e a outra professora...Nessa época eu já tinha crescido muito, amadurecido muito, mudado muito eu já era outra pessoa e a cada aula eu ia me apaixonando cada vez mais pela Matemática e aí assumi isso ! A cada aula eu gostava mais, aprendia mais, me interessava mais e me surpreendia mais... !! Eu estava estranhando isso, porque todo aquele ódio estava virando um GRANDE AMOR !
Fiz a primeira prova e não passei por um ÚNICO ponto, mas mesmo assim, aquilo não me derrubou, e por incrível que pareça, meu amor pela matéria estava em evidência e estudei noite e dia, mas estava estudando de verdade, pra valer, com gosto, com vontade e com curiosidade. Até que fiz a segunda prova e QUASE FECHEI ! Acho que não fechei a prova por erros bobinhos, e quase fechei a prova, faltando pouquíssimos pontos !! Lembro que saí da sala pulando de alegria, pois tinha feito quase todas as questões com muita certeza e com muita segurança ! Estava chorando de alegria ! 
 
 
 
 
O tempo passou, não precisava mais de escola, de provas, nem de mais nada, só fazer ENEM pra entrar numa universidade, mas estava de férias, estava longe de eu fazer a prova e estava com saudades das aulas com as minhas professoras, das coisas legais que estava aprendendo e de toda minha época escolar. Que saudades ! Até que fui assistir vídeos aulas no Youtube com diversos professores de Matemática e fui fazendo amizades com eles, adicionando eles no Facebook, e tudo isso me trazia boas energias. Ficar perto deles me incentivava muito e adoro resolver as questões e desafios que eles publicam em grupos no Facebook. Toda vez que vejo o pessoal fazendo a prova da OBMEP me da uma certa tristeza, pois se fosse hoje em dia, seria bem diferente. Eu daria o MEU MELHOR nessas provas, e se estivesse na escola agora, (como queria kkk) faria de tudo pra que Matemática fosse a matéria com as maiores notas no boletim....Me pergunto como que tanto ódio virou tanto amor ! Eu gosto de usar palavras positivas nas coisas que gosto, por isso, nunca digo '' PROBLEMAS de Matemática'', mas sim, ''Desafios / questões / perguntas de Matemática'' !
 
Meu objetivo nesse texto é fazer com quem leia, reflita. Se você não gosta de algo, pergunte a si mesmo, porque você não gosta dessa coisa, talvez você possa passar a gostar, caso for ver com outros olhos ! Se você não gosta dessa matéria, (ou seja lá outra qualquer) te garanto que você pode se surpreender. Comece a olhá-la com mais carinho e dedicação, comece a estudar pelo comecinho mesmo. Se não sabe fazer uma conta de dividir direito, por exemplo, não tenha vergonha disso e não se sinta burro(a), e comece a estudar. Tem muito vídeo aula no Youtube! Ninguém é burro, apenas que, algumas pessoas demoram mais pra aprender do que as outras e ter interesse e gostar faz a diferença. Quando a gente estuda algo que gosta, o resultado será ótimo, assim como fiz com minha prova.
Acho que a odiava porque era criança, adolescente, era rebelde, não estava nem aí pra escola, para os estudos, tudo era maçante, cansativo e nada era feito com alegria. Escola era tortura e os professores eram mau humorados... Sempre achei que nunca iria encontrar uma matéria para amar !
 
 
 
Tem pessoas que realmente não gostam de jeito nenhum de matérias de exatas (Matemática, Física etc) e mesmo se esforçando não gostam. Tenho uma amiga assim. O pessoal até faz piadas e memes na internet de Exatas versus Humanas, mas cada um tem o seu gosto. Até hoje estou surpreendida como me apaixonei totalmente por essa matéria e não consigo mais largá-la, não consigo mais ficar longe dela, kkkkk ...
Ainda não sou 100% boa (acho que ninguém é, pois cada dia aprendemos algo diferente), mas estou fazendo de tudo pra poder aprender cada coisinha dessa MARAVILHOSA, INTERESSANTE, MISTERIOSA, MÁGICA, INCRÍVEL MATÉRIA !
É normal se apaixonar por uma matéria?? Bem, acho que sim. Conheci histórias de outras pessoas que tiveram suas vidas completamente mudadas graças a OBMEP por exemplo. ganharam bolsas de estudos, medalhas, motivações, amigos, entre muitas outras coisas boas ! Recomendo assistir documentários sobre a OBMEP no Youtube !
No momento, tenho dificuldades com questões que envolvem raciocínio lógico, mas estou tentando melhorar isso em mim, pois QUERO (MUITO) ser boa nessa matéria !! 
 
 
Pode até parecer meio estranho, mas isso melhorou minha saúde! Sou uma pessoa ansiosa e as vezes triste e depressiva e quando estou estudando, esqueço dos meus problemas pessoais e foco no que estou fazendo. Eu sou uma pessoa que tem que ocupar a mente com alguma coisa, senão fico com tédio e mau humor kkkkk...
E as matérias de humanas? Pois bem. Não gosto. Não curto ficar lendo textos, entender verbos, histórias, células e coisas do tipo, mas eu gosto muito de escrever, não é a toa que tenho esse blog, onde escrevo de tudo. Eu adoro idiomas, não gosto de escrever errado, sou formada em Espanhol, estudei Inglês sozinha, consigo conversar com gringos numa NICE e amo japonês, porque assisto e ouço muita música de anime.
 
Como seria o mundo sem Matemática?? Nossa, acho que seria estranho, usamos ela em tudo, ou em quase tudo...Já pensou , simplesmente, não poder contar as coisas, não poder DIVIDIR as coisas igualmente ou até mesmo uma casa ficar mal construída por falta de cálculos exatos...??!!!!! Não teríamos internet !! Ohhhh...
Realmente, a acho INCRÍVEL, explica muitas coisas ! 
Faço planos pra quais cursos superiores cursar, e já sei quais, e com certeza TEM QUE TER MATEMÁTICA !!!!
E é isso aí pessoal, espero que vocês tenham gostado da minha história ! 
Some e multiplique coisas boas na sua vida !!  ;)
Falo por experiência própria que a gente pode se surpreender com a gente mesmo, e que se não gostamos de algo, podemos refletir e olhar as coisas por outros ÂNGULOS ! ;) 





Um comentário:

  1. Muito legal a sua história Bárbara! Realmente, na vida vamos aprendendo e evoluindo e junto a isso, mudamos.
    Sucesso com a matemática :)

    ResponderExcluir